Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

23/07/2019

Dicas para manter o cabelo bonito e hidratado no inverno

Saiba como evitar o ressecamento, falta de brilho e fios quebradiços na época mais fria do ano.

O inverno é a época do ano em que as opiniões estão mais divididas. Alguns amam o frio e se sentem bem, enquanto outras pessoas sofrem e desejam que ele rapidamente termine.
 
Normalmente, o segundo caso acontece com maior frequência nas mulheres, que além de terem que enfrentar o frio, ainda sofrem com alguns efeitos desagradáveis que as baixas temperaturas podem causar.
 
Um desses efeitos é o ressecamento do cabelo, que pode causar pouco brilho e até mesmo fios quebradiços. Tudo isso pode auxiliar a diminuir a autoestima e principalmente causar um efeito estético desagradável que cria uma verdadeira situação de terror no público feminino.
 
Apesar de tudo isso, hoje nós falaremos como você pode proteger o seu cabelo das temperaturas mais baixas, fazendo com que o frio seja mais tolerável ou até mesmo que você passe a gostar mais do temível inverno.
 
Ficou interessada no assunto? Continue sua leitura até o final!
 
 
1. Cuidado com a temperatura da água na hora do banho
Para nós que moramos no Brasil, é bem difícil que as baixas temperaturas sejam o suficiente para ressecar os cabelos.
 
Apesar de isso acontecer nas regiões mais frias e em algumas pessoas, normalmente existem outros fatores que corroboram para o ressecamento dos fios e os outros sintomas desagradáveis.
 
Um dos principais fatores é a temperatura da água na hora do banho. No frio, tomar um banho bem quente é excelente. A sensação de conforto e relaxamento são maravilhosas, mas saiba que podem haver prejuízos para seu cabelo e até mesmo para sua pele.
 
De maneira simplificada, a água “pelando" ajuda a remover a oleosidade natural dos fios, fazendo com que o couro cabeludo tenha que produzir mais óleo. O resultado final é o cabelo com aspecto opaco e áspero.
 
A solução para este problema? É bem simples. Basta tomar banho em uma temperatura morna ou até mesmo fria para eliminar completamente os riscos.
 
Outra medida é utilizar uma touca de banho para os momentos em que a água quente for indispensável.
 
Lembre-se de que os efeitos do ressecamento podem acontecer logo após a primeira lavagem ou de maneira gradativa. Normalmente, durante a primeira semana do inverno — e após vários banhos com alta temperatura — já é possível perceber os efeitos nos fios e no couro cabeludo, em casos extremos, a queda de cabelo pode acontecer.
 
Outro fato importante de ser mencionado é que a água quente em algumas pessoas pode provocar alergia ou até mesmo dermatites (que podem ou não atingir o couro cabeludo) e outras condições desagradáveis — portanto, respeite os sinais do seu corpo e evite grandes problemas.
 
 
2. Hidrate seu cabelo com mais frequência
Como no inverno a água quente é quase que indispensável, assim como o uso do secador (que quase sempre se torna mais frequente), não existe outra solução a não ser a hidratação mais frequente.
 
O segredo nesta etapa é não exagerar, uma vez que repetidas hidratações podem causar o efeito contrário ao esperado e até mesmo potencializar o ressecamento e os fios quebradiços.
 
Se você faz somente uma hidratação semanal, o ideal é dobrar para duas.
Se você ainda sim sentir necessidade, faça até no máximo três hidratações, mas evite ao máximo chegar ou ultrapassar este número.
 
É importante colocar alguns dias de “descanso" entre essas hidratações para se assegurar que os fios não sofrerão com excesso de cosméticos.
 
 
3. Utilize óleos finalizadores
Hoje já é extremamente comum a utilização dos óleos finalizadores, que ajudam a dar brilho e a tratar fios ressecados, com aspecto opaco, pouco movimento e até mesmo quebradiços.
 
A função desses óleos é de nutrir os cabelos e criar uma espécie de“película protetora”que protege contra agentes externos, como poeira, poluição, sujeira e até mesmo a temperatura, que é o nosso foco principal.
 
Utilizar um óleo uma ou duas vezes na semana também pode trazer bons resultados. Entretanto, não se esqueça de escolher o produto correto para seus cabelos e de avaliar os efeitos de acordo com sua hidratação.
 
O excesso também pode causar efeitos indesejáveis e potencializar ainda mais o ressecamento e o frizz. Portanto, não abuse e, se possível, procure um cabeleireiro especialista para auxiliar você a conseguir a melhor rotina para cuidados capilares.
 
Em algumas situações, os óleos finalizadores podem ser utilizados em conjunto de outros tratamentos essenciais para o couro cabeludo.
 
 
4. Tente utilizar um shampoo hidratante e um protetor térmico
Para simplificar ainda mais sua vida, você pode optar pela utilização de um shampoo hidratante no momento dos banhos quentes. Não se esqueça que ao utilizar esta opção suas hidratações semanais devem diminuir.
 
Apesar de muitas vezes não causarem os melhores resultados, um shampoo hidratante pode ser uma boa “ferramenta" nesses momentos em que uma leve hidratação é necessária.
 
Outra dica interessante é a utilização de protetores térmicos para quem está abusando do secador ou está precisando fazer chapinha ou outros procedimentos de alta temperatura nos cabelos durante o inverno.
 
Eles não custam muito caro e hoje é possível comprar bons produtos em uma faixa de até 20 reais. A Dove possui um excelente protetor térmico de baixo custo que certamente pode ser o suficiente para manter seu cabelo cheio de vida e brilho.
 
Não se esqueça de que você não precisa efetivamente comprar todos esses produtos e utilizá-los de uma única vez. O ideal é fazer o uso e observar o feedback para saber se há ou não necessidade de mais de uma abordagem.
 
Lembre-se também que o excesso na quantidade de cada um desses produtos também pode causar efeitos desastrosos no visual e saúde dos seus fios de cabelo.
 
Para simplificar, no inverno mantenha sua hidratação até 2 vezes na semana, utilize um protetor térmico caso esteja utilizando o secador com frequência e opte por um óleo finalizador se as hidratações não estiverem causando o efeito esperado. Isso já é o suficiente para fugir dos efeitos do inverno que assustam milhares de mulheres.