Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

09/07/2019

É melhor fazer escova ou chapinha?

Apesar de o Brasil ser um país miscigenado, com várias misturas

determinando as características físicas da população, como o tom

de pele e o tipo de cabelo, a grande maioria das mulheres buscam

cabelos lisos, que dão uma aparência mais leve para o rosto e

menos trabalho, pois não precisam ficar domando os fios.

 

Os tratamentos químicos são uma opção para mudar a estrutura

dos cabelos, mas como acabam ressecando, e muitos são

permanentes, acabam não atraindo tanto as mulheres, que contam

com opções que danificam menos os cabelos, como a chapinha e a escova.

 

Mas qual delas é a mais indicada para um efeito liso e saudável?

Qual danifica menos os fios?

Preparamos um comparativo para você fazer a melhor escolha para

os seus fios na sua próxima ida ao salão. Acompanhe.

 

Escova com secador de cabelos

 

A famosa escova, que também ganha o nome de escova

modeladora, é uma opção bastante procurada por mulheres

que não querem ter trabalho em domar os fios, e preferem

que eles fiquem com menos volume  e com um efeito natural.

 

A escova de salão é feita com o cabelo molhado, limpos e

couro cabeludo massageado, logo depois de lavados no lavatório.

Muitos profissionais optam por usar produtos para abrir as

cutículas de queratina dos fios, assim eles aceitam melhor o

ar quente e a modelagem com a escova.

 

O movimento do cabelo com a escova pode ser definido de

acordo com o gosto da cliente. O acabamento pode ser

curvado para fora ou para dentro, assim como o repartimento,

que pode ser reto ou de lado. O efeito fica natural, e a duração

depende de pessoa para pessoa e se os cabelos serão expostos

à umidade, mas de uma forma geral, a escova dura até a

próxima vez eles forem lavados.

 

 

Chapinha (Prancha)

A chapinha é outra opção para as mulheres que querem manter

os fios alisados. Diferente da escova, ela  não pode ser feita com

os cabelos molhados, e,  em geral,  é passada nos fios após uma

leve escova feita com o secador. A diferença é que, com a chapinha,

os fios terão um aspecto ainda mais chapado e estruturado se

comparados à escova.

 

Dependendo da estrutura do fio, o efeito da chapinha não fica

tão natural, já que ela aquece muito mais do que o secador.

 

Cuidados com os fios usando secador ou chapinha

 

O efeito alisado dos cabelos ,quando são usados o secador e a

chapinha, se deve à temperatura a qual os fios são submetidos.  

Normalmente, ambos os aparelhos têm um controle, que pode

ser ajustado de acordo com o tipo de fio de cada mulher, mas

mesmo quando são usados na sua potência mínima, exigem

cuidados com os cabelos.

 

O Ideal é que, antes de iniciar o processo, os cabelos sejam

protegidos com um antitérmico, que pode ser em creme ou spray.

Eles funcionam da mesma forma que um protetor solar, impedindo

que o calor danifique a estrutura e quebre os fios.

 

Durante a escova, o secador jamais poderá encostar nos fios, e deve

ser mantido a uma distância de 10 cm, aproximadamente.

A chapinha tem contato direto com o cabelo, e por isso o cuidado

deve ser redobrado. Ela nunca deve ficar parada em uma única

parte da mecha, e sim ser deslizada de forma constante.

 

Para ajudar a manter o efeito por mais tempo, os óleos e sprays

finalizadores são usados na metade para o fim do comprimento

dos fios, evitando, assim, a oleosidade na raiz.